Por Pedro Paulo Silveira e Alexandre Faturi 04 de janeiro de 2019 2 minutos lendo
Voltar para o blog

Antes do payroll, mercados acionários operam no campo positivo

04 de janeiro de 2019   -   2 minutos lendo

Mercados acionários

Os mercados acionários internacionais aguardam a divulgação do Payroll, relatório de empregos dos Estados Unidos. Os dados para o mercado de trabalho serão divulgados às 11h30, enquanto isso, os índices futuros de Nova York sinalizam uma abertura de alta. A mediana das estimativas projeta uma variação positiva de 184.000 empregos em dezembro. A perspectiva para o aquecido mercado de trabalho americano em 2019 é de um ritmo de contratação mais moderado, seguindo a desaceleração da atividade econômica. Os salários, no entanto, podem continuar a subir devido a uma redução na oferta de trabalhadores.

Após o derretimento dos mercados acionários na quinta-feira, impulsionado pelo guidance da Apple, o fechamento na Ásia apresentou sinais positivos, exceto pelo desempenho da bolsa de Tóquio (-2,26%). As bolsas chinesas, por sua vez, registraram valorização de aproximadamente 2%, beneficiada pelos esforços de Pequim em sinalizar aos mercados que deve fornecer estímulos fiscais para a economia.

No Brasil, o Ibovespa seguia o otimismo externo durante a abertura, sinalizando o que seria sua quinta alta consecutiva; mas logo inverteu o sinal e tem realização de aproximadamente 0,7%. Os juros futuros sobem, acompanhando um tom mais ameno de Jair Bolsonaro a respeito da previdência, e o dólar tem leve alta de 0,3%, sendo cotado a R$ 3,76.

Expectativas dos agentes

Além do principal evento do dia — o Payroll — os mercados ficarão atentos ao encontro entre presidente e ex-presidentes do Federal Reserve às 13h15. Jerome Powell, Janet Yellen e Ben Bernanke estarão presentes num evento para discutir política monetária.

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta

Ou deixe seus dados e entraremos em contato