Nova Futura Investimentos 30 de agosto de 2019 6 minutos lendo
Voltar para o blog

Petrobras, CPFL, Aliansce, Eletrobras, Marcopolo, Saraiva e Hermes Pardini

30 de agosto de 2019   -   6 minutos lendo

O otimismo ainda ecoa nas principais bolsas mundiais nesta sexta-feira, mas analistas chamam a atenção para uma possível correção em papéis que subiram com força na sessão de ontem, após o Ibovespa retomar os 100 mil pontos, com destaque para Usiminas (+9,70%), Magazine Luiza (+6,70) e MRV (+6,51%). Isso porque a cautela com o cenário político brasileiro ainda persiste, assim como as incertezas em relação ao rumo da crise na Argentina. Ainda assim, o investidor segue esperançoso de que as conversas comerciais entre os EUA e a China levem a um acordo concreto entre os países, o que segue animando as ações de empresas ligadas a commodities, sobretudo Vale, Petrobras e siderúrgicas.

Hoje volta também ao radar dos investidores as ações da Oi. Após subirem 19,51% (ON) e 10,95% (PN) no pregão anterior, os desdobramentos sobre o futuro da empresa continuam aquecidos. Diante das cobranças da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre a situação financeira da companhia, a direção da Oi informou que deve acelerar a venda de sua participação na operadora Unitel, tele que opera em Angola. A conclusão da operação pode ser anunciada já na próxima semana, segundo apurou o Broadcast, e pode dar fôlego ao caixa da empresa.

A Oi é dona de 25% da Unitel, maior operadora móvel de Angola, herdada da época da fusão com a Portugal Telecom, em 2014. A venda dessa participação na Unitel pode render R$ 2 bilhões para a Oi, o que reduz a necessidade de caixa da empresa até o fim do ano, mas não resolve o problema da companhia.

“Como todos sabemos a Oi precisa de uma alternativa para tapar um rombo em seu fluxo de caixa de aproximadamente R$ 2,5 bilhões para o próximo ano. Os acionistas têm a possibilidade de realizar um aporte de capital, porém conforme foi acordado na Recuperação Judicial, esse aporte tem uma data limite para acontecer, fevereiro de 2020. Enquanto não se toma uma decisão o tempo continua correndo e cada dia temos uma nova notícia sobre uma maneira de viabilizar essa entrada de recursos no caixa da companhia”, destaca Felipe Bevilacqua, gestor da Levante Investimentos.

A diretoria e o Conselho de Administração da empresa se reuniram ontem com o Conselho Diretor da Anatel e integrantes do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A convocação da reunião foi antecipada pelo Estado, que revelou, há 15 dias, o aumento das preocupações da Anatel a respeito da companhia. O presidente da Oi, Eurico Teles, deixou a sede da agência sem falar com a imprensa.

No exterior, as bolsas europeias e os futuros de Nova York operam em alta ainda repercutindo sinais de amenização das tensões comerciais entre Estados Unidos e China. Também no radar está o Reino Unido, onde a oposição promete se mobilizar para evitar um Brexit sem acordo. Além disso, os mercados acompanham dados mais fracos de inflação na zona do euro, com avanço de 1% em agosto, abaixo da meta do Banco Central Europeu (BCE) de 2%, o que mantém as portas abertas para que BCE volte a adotar medidas de estímulos nos próximos meses. Nos EUA, atenção para o índice de preços dos gastos com consumo (PCE), que sai às 9h30, e é a medida de inflação preferida do Federal Reserve (Fed) para ajustes nas taxas de juros.

Petrobras

A Modec, empresa que está atuando no descomissionamento e remoção do FPSO Cidade do Rio de Janeiro, informou a Petrobras que a equipe de Salvage embarcou novamente no navio para dar continuidade aos trabalhos, depois do vazamento detectado na Bacia de Campos.

Segundo a Modec, a plataforma tem 450 metros cúbicos de óleo diesel e 169 metros cúbicos de borra oleosa, estocados em tanques não afetados pelos danos. A capacidade total de armazenamento é de cerca de 250 mil metros cúbicos. Não há óleo cru em nenhum dos seus tanques. E a equipe Salvage trabalha num plano para redução de forma segura dos produtos armazenados no navio.

Além disso, atenção para os preços do petróleo que hoje passam por uma realização de lucros, após os recentes ganhos. Há pouco, o barril do Brent caía 0,69%, a US$ 60,07.

CPFL

A CPFL Energia comprou a participação que a State Grid detém na CPFL Energias Renováveis pelo valor de R$ 16,85 por ação. O contrato foi fechado com a State Grid Brazil, sua controladora. A CPFL Energia utilizará a totalidade dos recursos líquidos obtidos com a Oferta Pública de distribuição de ações recentemente concluída para financiar a aquisição das ações de emissão da CPFL-R.

Aliansce

A Aliansce Sonae Shopping Centers firmou contratos para a aquisição indireta de participações adicionais de 14% no Shopping Taboão, 25% no Shopping Grande Rio e 42,5% da Loja C&A do Shopping da Bahia, totalizando R$ 250,6 milhões. Após a consumação de tais operações, a Companhia passará a deter participações de 92%, 50% e 87% nos ativos, respectivamente.

Eletrobras

As Assembleias Gerais Extraordinárias das subsidiárias da Eletrobras Eletrosul e Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE) que seriam realizadas hoje, para incorporação da primeira pela segunda, foram suspensas. Em comunicado, a Eletrobras informa que a suspensão ocorre devido a liminar concedida pela 2ª Vara Federal de Florianópolis. A nota não explica o teor da liminar, mas diz que a Eletrobras “está avaliando as medidas a serem adotadas”.

Na página do sindicato Sinergia, ligado à CUT, há informação de que os sindicatos que compõem a Intersul protocolizaram um pedido de Tutela Cautelar em caráter antecedente e urgente, que foi concedido. Em despacho da última quarta-feira, 28, como consta na nota do site, “o Juiz determinou a suspensão das deliberações societárias acerca da incorporação da Eletrosul pela CGTEE, por um prazo de 60 dias contados do efetivo fornecimento dos documentos objeto do Mandado de Segurança anteriormente concedido a Intersul, e ainda não cumprido pela Eletrobras”.

Marcopolo

O conselho de administração da Marcopolo aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio brutos de R$ 0,03 por ação. O pagamento está previsto para 3 de janeiro e será feito com base na posição acionária de 23 de setembro. A partir do dia seguinte, as ações passam a ser negociadas “ex” juros.

O colegiado também aprovou um programa de recompra de ações de até 10 milhões de papéis preferenciais, o que corresponde a 1,73% do total das ações dessa classe em circulação no mercado. As ações serão adquiridas para pagamento de administradores e empregados.

Saraiva

A rede de livrarias Saraiva fechou acordo com credores, no âmbito de sua recuperação judicial, em assembleia realizada ontem, 29. A empresa, que tinha dívidas de R$ 674 milhões, em novembro de 2018, quando solicitou proteção da Justiça para renegociar os débitos, concordou com a pressão das editoras para mudar sua gestão e também em mudar a composição do conselho de administração. Pelo acordo, editoras que continuarem a fornecer à rede deverão receber 60% de seus créditos em um período de 15 anos.

Hermes Pardini

O Instituto Hermes Pardini informa que celebrou acordo para a aquisição de 100% das ações de emissão do Solução Laboratório de Análises Clínicas, com sede na Cidade de Itajaí, em Santa Catarina. O valor do negócio não foi informado

Segundo a empresa, o Solução foi fundado em 2010 e desde então vem atuando na prestação de serviços de laboratório de apoio, oferecendo soluções Lab-to-Lab a clientes localizados, principalmente, na região Sul do Brasil.

FONTE: AE BROADCAST

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta

Ou deixe seus dados e entraremos em contato