Nova Futura Investimentos 23 de agosto de 2019 3 minutos lendo
Voltar para o blog

Quais Opções eu tenho? – Parte II

23 de agosto de 2019   -   3 minutos lendo

Olá Investidor!

Essa é a segunda parte da nossa série de Opções!

Na semana passada utilizamos o exemplo de uma pessoa que comprou um celular no Shopping e em seguida negociou com seu amigo João uma obrigação futura de venda desse mesmo aparelho.

Hoje vamos mostrar uma operação real de opções, mas primeiro você precisa conhecer algumas regras sobre esse mercado.

Primeiro vamos explicar o que é uma Call e uma Put:

  • Opção de Compra (Call): Concede um direito para quem tem essa opção, de comprar uma determinada ação no futuro por um determinado valor.
  • Opção de Venda (Put): Concede um direito para quem tem essa opção, de vender uma determinada ação no futuro por um determinado valor.

Lembrando que no exemplo que demos, da compra do celular, foi utilizado uma Opção de Compra (Call).

Dificultou um pouco agora?

Fique tranquilo, pois vai ficar mais fácil, porém antes de aprofundarmos as operações precisamos falar sobre o vencimento das opções.

Como as opções concedem um direito de compra ou venda futuro, é preciso estipular uma data para que isso aconteça. Toda opção tem um vencimento, que ocorre na terceira segunda feira de cada mês.

Para você saber qual opção vence em cada mês, foi feito uma classificação por letras, confira a tabela abaixo:

Agora vamos construir o código de negociação de uma opção utilizando a empresa Vale.

O código de negociação da empresa Vale em Bolsa é VALE3, logo o código de sua opção será:

VALE + Letra de Vencimento de Opção + Preço de Exercício

Desta forma, quem comprou a Opção VALEJ50 tem o direito de comprar a ação VALE3 a R$ 50,00 até a terceira segunda feira dó mês de outubro.

Observação: O preço de exercício da opção VALEJ50 realmente é R$ 50,00, porém nem sempre que há um “50” no código da opção significa que seu exercício será exatamente esse valor. Pode haver eventos corporativos que alteram o preço de exercício ao longo do tempo, como dividendos, juros sobre capital próprio e subscrição.

Hoje (21/08/2019) a ação da VALE3 está valendo R$ 44,15 e o preço da opção VALEJ50 está R$ 0,58.

Ou seja, posso pagar R$ 0,58 para ter o direito de comprar essa ação até o dia 21/10 a R$ 50,00.

Cenários

Nesse período a ação pode subir ou cair:

  • Em caso de alta: Minha opção vai se valorizar e caso passe dos R$ 50,00 eu teria um lucro na operação, pois poderei comprá-la a R$ 50,00 e vendê-la ao valor que estiver no mercado.
  • Em caso de Queda: Minha opção vai se desvalorizar e quanto mais próximo for chegando do vencimento, menos ela vai valer, até que ela não tenha mais valor nenhum.

O exemplo que citei acima é uma compra de opção Call a seco, ou seja, sem ter a ação na carteira.

Essa operação é muito utilizada por quem está especulando no mercado e acredita em uma valorização das ações.

Para entender um pouco mais sobre esses conceitos, escute o Nerdcash que fizemos com o pessoal do Jovem Nerd sobre Derivativos.

Na próxima semana vamos falar um pouco sobre opções de venda.

Não deixe de acompanhar nossas mídias sociais!

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta