Nova Futura Investimentos 30 de julho de 2020 3 minutos lendo
Voltar para o blog

Dívida Líquida/Ebitda: um importante indicador de endividamento

30 de julho de 2020   -   3 minutos lendo

O indicador de Dívida Líquida/Ebtida, é um dos mais importantes para analisar o nível de endividamento de uma empresa. Além disso mostra também como ela está gerindo sua alavancagem. No infográfico dessa semana trouxemos dados sobre o assunto, dividido entre as empresas menos e mais endividadas na Bolsa de Valores, confira clicando aqui!

Dívida líquida

Começando pela dívida líquida, ela é a soma do volume de empréstimos e financiamentos subtraindo o caixa e equivalentes da companhia. A empresa toma dívida com o objetivo de financiar projetos de longo prazo e outros pagamentos importantes para manter seu funcionando.

Não necessariamente, o aumento da dívida é algo ruim ou que as ações da empresa vão cair. Por exemplo, como foi dito, a empresa pode se utilizar da contratação de dívida para financiar projetos.

Tais projetos, podem ser vistos como positivos para a companha ou, até mesmo, a aquisição de uma outra empresa do setor. O aumento da participação de mercado fará com que as vendas da companhia subam. Pelo fato da parcela que era da empresa comprada será da compradora.

Ebtida

O Ebtida é a outra contra conta importante que compõe o indicador, ela contribui para quem está analisando a empresa, evidenciando a realidade financeira.

Ele é muito importante para entender o quanto a companhia é competitiva, eficiente e produtiva. Quando o Ebtida é negativo significa que, em termos operacionais, a empresa está menos rentável. Todavia, não necessariamente, a empresa terá prejuízo. Pois ela pode compensar essas perdas com investimentos financeiros, por exemplo.

Tanto o Ebtida quanto a dívida líquida são encontradas no balanço e nos relatórios trimestrais das empresas, divulgados nos sites de Relações com Investidores.

Dívida Líquida/ Ebitda

Feitas as devidas explicações das contas que o compõe, fica mais acessível compreendê-lo. Como o indicador está relacionado ao endividamento da empresa, ele também mostra o grau de alavancagem da companhia.  

A leitura do índice deve ser feita em vezes, ou seja, se Dívida Líquida/Ebitda = 2, se lê que Dívida Líquida/Ebitda = 2 vezes. Isso significa que é preciso de duas vezes a geração de caixa da empresa para o pagamento da dívida líquida.

Assim, tal indicador é importante para escolher alguma empresa para portfólio. Tendo em vista que empresas com a relação Dívida Líquida / Ebitida baixa ou negativa, são consideradas como resistente em momentos de crise, por mostrarem que elas são geradoras de caixa, isto é, são empresas que possuem segurança.

Todavia, é importante comparar o indicador com o de outras empresas do setor e entender o histórico da companhia. Por exemplo, a empresa Via Varejo (VVAR3) está com a Dívida Líquida/Ebtida elevada, mas isso está relacionado à má gestão anterior. A volta da família Klain a gerir a companhia leva perspectivas positivas e melhoras nas estratégias, fazendo com que os investidores olhem para frente.

Tais considerações devem ser feitas para qualquer indicador ou múltiplo financeiro. Sempre é importante conhecer a história da empresa, estratégias e compará-la com os seus pares no setor.

É possível encontrar a dívida líquida/Ebitda no relatório trimestral da empresa disponibilizado no site de RI (relação com investidores) ou em sites especializados como o Fundamentus, Investing ou StatusInvest. 

Nesses sites também podem ser encontrados outros indicadores de análise fundamentalistas e compará-los por setor e empresas.

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta