Nova Futura Investimentos 29 de abril de 2021 3 minutos lendo
Voltar para o blog

IGP-M sobe forte mais uma vez e mercados aguardam PIB americano

29 de abril de 2021   -   3 minutos lendo

Os principais índices europeus fecharam em alta na quarta-feira (28). Os bons resultados do setor bancário e a expectativa de um anúncio baixista por parte de Jerome Powell, contribuiu para a elevação da maioria das bolsas do continente. Londres teve elevação de 0,27%. Frankfurt ganhou 0,28%. Paris subiu 0,53%. Madri e Lisboa tiveram valorização de 0,49% e 0,10% respectivamente. Milão, foi na contramão, teve realização de 0,06%. 

Nos Estados Unidos, foi dia de realização generalizada. Embora o FED tenha feito mais um anúncio com foco para a sustentação do mercado, mesmo com a reabertura da economia fazendo os yields dos Treasuries retrocederem, o pacote com foco em aumento de impostos para sustentar o pacote de estímulos de US$ 1,8 trilhões de dólares. O S&P 500 perdeu 0,08%. O Nasdaq caiu 0,28% e o Dow Jones teve retração de 0,48%.   

No Brasil, o anúncio do FED contribuiu para o bom-humor dos investidores e os bons resultados de balanços de companhias como Weg e Santander. Os ruídos políticos não deixaram de estar no radar com os agentes de olho no início da CPI da COVID-19. Pelo lado da conjuntura econômica, o CAGED registrou criação de 184.140 empregos ante expectativa de 180.000. O Ibovespa teve alta de 1,39% a 121.052,52 pontos.

As bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em alta. A ponta compradora foi incentivada pelo anúncio baixista do banco central americano e na expectativa de mais estímulos nos Estados Unidos. Na China Continental, o Xangai e Shenzhen avançaram 0,30% e 0,20% respectivamente. Hong Kong teve valorização de 0,80%. Taiwan fechou estável. Seul perdeu 0,23% e Tóquio não abriu devido a um feriado local.

Para hoje (29/04)

Os principais índices europeus e os futuros nos Estados Unidos operam acima do esperado a espera dos dados do PIB americano.

No Brasil, o IGP-M fechou mais uma vez em alta acima do consenso de mercado, com elevação de 1,51% ante perspectiva de avanço de 1,37%, mais uma vez impactado por preços globais, agora de combustíveis e grãos.

O Tesouro ofertará LTNs para os vencimentos 2022, 2023 e 2024; NTN-Fs para 2029 e 2031; LFT para 2022 e 2027. O Bacen fará rolagem de swaps a partir das 11:30.

A Alerj votará hoje uma proposta de decreto que visa anular a validade do leilão da Cedae.

Os balanços divulgados no Brasil serão Balanços hoje: Gol pré-mercado; Duratex, Fleury, Isa CTEEP, Unidas pós-mercado, Omega, Sequoia e Unidas.

O mercado também ficará atento ao início da CPI da COVID-19.

Internacional

Na Alemanha, a prévia do índice de preços ao consumidor teve alta de 0,7% em abril ante expectativa de 0,5% e o indicador anual teve elevação de 2,0% ante expectativa de 1,9%. A variação do desemprego no país teve aumento 9 mil novos desempregados ante perspectiva de queda de 10 mil. A taxa de desemprego permaneceu em 6,0%.

Nos Estados Unidos será divulgada a primeira prévia do primeiro trimestre de 2021 com expectativa de avanço de 6,1%. O índice de preços do PIB tem perspectiva de avanço de 2,5%. Como toda quinta-feira será divulgado os pedidos por seguro-desemprego com perspectiva de 549 mil pedidos pelo benefício. As vendas pendentes por moradias de março tem expectativa de avanço de 5% ante queda de 10,6% em fevereiro.

Auto: Matheus Jaconeli

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta