Nova Futura Investimentos 06 de abril de 2021 3 minutos lendo
Voltar para o blog

Mercado sinaliza realização em meio discussões em torno do orçamento e expectativas com vacinação

06 de abril de 2021   -   3 minutos lendo

No Brasil, o Ibovespa teve alta de 1,97% em 117.518,44 pontos. Os ganhos do principal índice da B3 se deveram, em grande medida ao bom-humor externo. Com o minério de ferro tendo mais uma sessão positiva de Qingdao e os dados positivos nos Estados Unidos, ampliaram o apetite pelo risco. Todavia, os investidores não deixaram de acompanhar o imbróglio dos vetos do orçamento e o avanço da COVID-19 no país. 

Em Wall Street, os mercados fecharam em alta. Mais uma vez os dados de atividade econômica traduzidos pelos PMI’s de serviços da IHS Markit e da ISM Inc. ampliaram o bom-humor dos investidores americanos. Ademais, o avanço da vacinação no país e, com o aumento das perspectivas em torno da reabertura da economia também foram fatores positivos. O Dow Jones teve ganhos de 1,13%, o S&P 500 subiu a 1,44% e o Nasdaq teve valorização de 1,67%.

Na volta do feriado, na China, os mercados asiáticos fecham a sessão com as principais praças sem direção única. Apesar do rali nova yorkino de ontem, autoridades médicas apontam para possibilidade de uma quarta onda no Japão e o Banco Central da China informa para que bancos reduzam o crédito com o objetivo de evitar uma possível bolha e contribuir com o plano de enxugamento monetário da instituição. Em Tóquio, o Nikkei teve queda de 1,30%. Na Coréia do Sul, o Kospi registrou alta de 0,20%. Taiwan teve ganho de 1,02% enquanto Hong Kong continuou fechado. Na China continental, o Xangai Composto caiu marginalmente em 0,04% e o Shenzhen teve alta de 0,18%.

Para hoje (06/04)

Futuros em Nova York indicam realização nas bolsas após forte alta de ontem (05). Na Europa, as principais bolsas sobem após feriado, seguindo as fortes altas de segunda (05), mas a situação em torno da Covid-19 continua no radar. Os mercados globais também ficarão atentos aos documentos e seminários do Fundo Monetário Internacional.

No Brasil, os futuros do Ibovespa operam em queda, mediante a permanência dos riscos fiscais e os números ainda elevados da COVID-19 no país.

Quanto aos dados de conjuntura econômica, serão publicados o PMI de serviços em composto e a Agroconsult divulgará as projeções para a safra de soja.

O Tesouro fará ofertas de NTN-Bs para 2026, 2030 e 2055.

Internacional

Na Europa, o índice de Confiança do Investidor Sentix para o mês de abril teve alta acima do esperado, chegando 13,1 pontos, ante 5 pontos em março. A taxa de desemprego da Zona do Euro, permaneceu em 8,3%, levemente acima da projeção de 8,1%.

Nos Estados Unidos, continuarão a ser divulgados dados relativos à atividade econômica. Dentre os indicadores mais importantes, serão divulgados a oferta de empregos pelo Bureau of Labor Statistics. As projeções de mercado indicam criação de 6,995 mil empregos em fevereiro, ante avanço de 6,917 mil em janeiro. A EIA (Energy Information Administration) divulgará as perspectivas para o setor energético, tendo impacto nos mercados de petróleo, combustíveis e outros.

Autor: Matheus Jaconeli

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta