Nova Futura Investimentos 14 de julho de 2021 2 minutos lendo
Voltar para o blog

IBC-Br de junho frustra as expectativas e preços ao produtor sobem nos EUA.

14 de julho de 2021   -   2 minutos lendo

Na Europa, as bolsas fecharam em queda com os investidores de olho nos números de inflação nos Estados Unidos e na Europa. A alta acima do esperado no CPI dos Estados Unidos fez com que os agentes aumentassem as expectativas em relação ao aumento da taxa de juros no país para o segundo semestre de 2022. Dentro do continente, França e Alemanha também tiveram anual de 1,5% e 2,3% respectivamente. No Reino Unido, o BoE anunciou a retirada das restrições aos dividendos de bancos e recompra de ações, afirmando que setor bancário é flexível.

Nos Estados Unidos, as bolsas também fecharam em queda. A alta do IPC chegou a avançar 5,4% ao ano e seu núcleo, 4,5%. A alta na nos preços ao consumidor fez com que os rendimentos dos títulos da dívida americana para dez anos subissem, devido ao aumento da perspectiva da alta nos juros já em 2022. Assim, os dados de conjuntura acabaram por ofuscar os dados positivos de balanços.

No Brasil, a revisão da reforma tributária agradou o mercado. Com a repaginada do texto original, a tributação dos rendimentos de fundos de investimentos imobiliários (FIIs) continua isenta. Além disso, Lira informou que acredita que em 2022 as propostas já estejam em prática. Quanto aos dados de conjuntura econômica, o setor de serviços evidenciou avanço acima do esperado ao ano, subindo 23%.

Para hoje (14/07)

As principais bolsas da Ásia fecharam em queda acompanhando as principais bolsas ocidentais. A alta da inflação nos Estados Unidos encobriu as perspectivas positivas em torno da diminuição dos compulsórios por parte da China que foi anunciado no dia anterior (13). Os investidores também aguardam os números de conjuntura econômica que serão divulgados esta noite.

Na Europa, as bolsas abrem majoritariamente em queda com os números de inflação do Reino Unido superando as expectativas e a produção industrial da Zona do Euro a decepcionar as projeções.

Nos Estados Unidos, os futuros operam em leve alta em meio à divulgação de balanço de importantes companhias e a espera dos comentários de Jerome Powell sobre a inflação e divulgação do Livro Bege.

No Brasil, o futuro do mini índice operam em alta. A alta nos preços do minério na China, a repercussão positiva em torno da revisão do texto da reforma tributária pode contribuir para manutenção do bom-humor do mercado aqui no Brasil. Como limitador, segue a possibilidade de ruídos políticos.

Quanto aos dados de conjuntura, o IBC-Br frustrou as perspectivas tendo queda de 0,43%. A expectativa era de alta de 1,00% ante 0,44% em maio.

O Bacen também ofertará contratos de swap a partir das 11:30.

Autor: Matheus Jaconeli

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta