Nova Futura Investimentos 12 de janeiro de 2022 3 minutos lendo
Voltar para o blog

5 dicas para fazer um bom planejamento financeiro em 2022

12 de janeiro de 2022   -   3 minutos lendo

Ter um planejamento financeiro é o primeiro passo para não perder o controle das suas finanças. Ele pode ser uma ótima ferramenta para economizar dinheiro, alcançar metas e concretizar sonhos sem comprometer as despesas mensais. Mas antes de tudo, para montar um bom planejamento é preciso entender a forma como você lida com o dinheiro e como funcionam suas finanças pessoais.

Como organizar seu planejamento financeiro de forma eficaz

É essencial saber que qualquer planejamento financeiro precisa de disciplina para funcionar. Por isso, é fundamental se ater a estratégias objetivas para manter o plano a longo prazo e atingir as metas estabelecidas.

Mas se você tem pouco (ou nenhum) conhecimento sobre o assunto, não se preocupe! Nesse artigo daremos 5 ótimas dicas para te ajudar a desenvolver um plano para organizar suas finanças, veja a seguir.

1-  Entenda sua situação financeira e organize seus gastos

É primordial conhecer o cenário geral da sua situação financeira. Para isso, você pode anotar todos os seus gastos e ganhos fixos e variáveis.

Você pode fazer isso em uma planilha, anotando informações como: tipo de dívida, credor, valor com e sem juros, se é uma dívida parcelada, além da quantidade de parcelas restantes.

2-  Crie um plano de ação

O próximo passo é elaborar uma estratégia que ajude você a controlar os gastos e quitar as dívidas. Você pode começar definindo suas prioridades e listando os gastos que devem ser pagos ou negociados em primeiro lugar.

Um bom critério a utilizar pode ser a taxa de juros de cada uma, priorizando as mais altas. Essa dica é especialmente importante se você está tentando entender como sair das dívidas de cartão, já que as taxas de juros podem ser bastante elevadas.

3-   Estabeleça seus objetivos

Seja ter uma estabilidade melhor, conseguir investir mais ou planejar sua aposentadoria, é preciso ter metas bem claras para direcionar suas tomadas de decisões de modo a alcançar esses objetivos.

Além disso, é interessante visualizar o custo que esses objetivos poderão gerar. Por exemplo, se você deseja se organizar para viajar mais, pode começar a calcular o custo dessas viagens tendo em mente o valor necessário para realizá-las.

4-   Faça um monitoramento financeiro

Outro ponto importante é manter um controle sobre seus novos gastos e ganhos. Isso pode ser feito por meio de diversas ferramentas, como planilhas, softwares e até aplicativos.

O ideal é que os gastos e os rendimentos fiquem em locais separados. Marque quais são fixos e quais são eventuais para entender a variação dos gastos e dos ganhos. Dessa forma, também é possível determinar, em média, quanto sobra após o pagamento de todas as despesas.

5-   Determine uma estratégia de investimento

Se um dos seus objetivos for maximizar seus rendimentos, então outro passo importante é determinar uma estratégia de investimento. Para isso, você deve descobrir qual é o seu perfil de investidor, quais riscos está disposto a assumir e que tipo de oportunidades está buscando.

Definir quais são as suas prioridades em um investimento é essencial para saber qual é o seu perfil. Por isso, você deve levar em conta os fatores que mais valoriza, seja segurança, possibilidade mais rápida de ganhos, estabilidade, entre outros. Dessa forma, será possível selecionar os investimentos que mais se alinham com seus objetivos.

Saiba como começar a investir

Após entender como fazer um planejamento financeiro, é possível começar a se aventurar no mercado financeiro. Para isso, confira nosso outro artigo sobre investimento para iniciantes e saiba quais oportunidades podem ser aproveitadas mesmo que você ainda não tenha experiência no assunto.

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta