• Quem Somos Investimentos Educacional Blog Call de Abertura Ao Vivo
  • Selic cai a 7%, o menor juro da história. E agora, onde investir?

    7 de dezembro de 2017
    Por Bruna Sene

    Nesta quarta-feira (06), o Banco Central anunciou o corte de 0,5 ponto percentual na Selic, que alcançou seu menor patamar histórico, de 7%a.a.. Nesse cenário, muitas dúvidas podem surgir, dentre elas:  ainda vale a pena investir em Renda Fixa? É hora de buscar novos investimentos? A poupança começa a valer a pena?

    Para responder estas questões, vamos levar em consideração alguns aspectos. Um primeiro ponto importante que devemos ponderar é que para calcular a rentabilidade de um investimento, devemos levar em consideração nosso ganho real com aquela aplicação (descontada a inflação).

    Vamos a um exemplo, levando em consideração um investimento que paga 100% da taxa Selic. No final de 2015 quando tínhamos um juro muito elevado, em cerca de 14,25% a.a., tínhamos uma inflação de 10,7% a.a., ou seja, um ganho real de aproximadamente 3,5%. No atual momento, temos o juro a 7%a.a, porém a inflação (medida pelo IPCA), próxima de 3%a.a.. Ou seja, fazendo um cálculo básico, temos um ganho real de 4%, ainda superior ao que tínhamos em um cenário de juro elevado. Então sim, a Renda Fixa ainda é muito atrativa, mesmo com o cenário atual de queda de juros.

    Vale ressaltar também que é sempre importante manter uma parte do capital alocado em investimentos de baixo risco, como na Renda Fixa, por ser justamente um tipo de investimento mais seguro. Mas sim, é recomendável diversificar a carteira de investimentos, almejando melhorar a rentabilidade, porém esse capital direcionado a investimentos de risco mais elevado, deve acontecer de acordo com o perfil de investidor de cada um, alocando no máximo 10% do capital disponível para quem é mais conservador, até 30% para quem é moderado e até 50% para quem é mais agressivo. Mas ao menos 50% do seu capital é importante manter em ativos de baixo risco. Afinal, aquele “ pé de meia” sempre será desejável, não devemos arriscar 100% de nosso capital e a Renda Fixa vale muito a pena, pois temos um ganho real positivo ainda maior.

    E a poupança?

    Por fim, em relação a poupança, vale ressaltar que com a Selic abaixo de 8,5%, começa a valer a regra onde a poupança paga apenas 70% da Selic (mais a taxa de TR que é uma taxa muito insignificante e chega a ficar nula por diversos meses). Ou seja, com a Selic a 7%a.a. a poupança deve pagar em torno de 5%a.a.. E temos hoje, outros investimentos em Renda Fixa, tão seguros quanto a poupança, como o Tesouro Selic, o qual paga 100% da Selic e mesmo com a incidência de IR, vale mais a pena do que a poupança, já que paga 100% da Selic e não apenas 70%.

    Portanto, podemos conseguir um ótimo custo benefício nos investimentos de Renda Fixa, além de possuírem segurança, garantem também um retorno real positivo e rentabilidade superior a poupança. E caso o investidor almeje melhorar sua rentabilidade, pode buscar investimentos mais arriscados, procurando um maior retorno, mas sempre respeitando a divisão de sua carteira, de acordo com seu perfil.

    Quer diversificar seus investimentos? Na Nova Futura Investimentos temos as melhores opções do mercado. Abra sua conta. É rápido e grátis.

    (Visited 241 times, 1 visits today)