Nova Futura Investimentos 18 de novembro de 2021 4 minutos lendo
Voltar para o blog

Saiba o que são ativos financeiros e como investir | Nova Futura

18 de novembro de 2021   -   4 minutos lendo

Se você está iniciando no mundo dos investimentos, é de grande importância que entenda o que são os ativos financeiros, como eles funcionam, quais são as classificações e as principais vantagens. 

Dessa forma, você entenderá não apenas como certos tipos de investimentos funcionam, mas também terá a oportunidade de escolher quais tipos de ativos financeiros valem a pena para você. Para ajudar com essa tarefa, preparamos um conteúdo exclusivo sobre o tema. Confira!

O que são ativos financeiros?

Os ativos financeiros são depósitos bancários, ações, títulos e tudo aquilo em que você pode investir o seu dinheiro de forma intangível. Em outras palavras, as aplicações não são feitas em bens ou em demais representações físicas: elas acontecem tendo como base reivindicações contratuais do que representam.

Alguns exemplos de ativos financeiros intangíveis são ações, títulos e demais negociações que acontecem com depósitos e contratos. Por conta disso, eles também costumam ser mais líquidos que os tangíveis. 

Isso porque o tempo que leva para o investidor receber os lucros de  investimentos em ações é bem menor do que o período investido na venda de um imóvel (um ativo tangível), por exemplo.

Por conta dessa facilidade e da praticidade no momento de conectar pessoas que buscam capital àquelas que procuram investimentos, os ativos financeiros intangíveis foram criados. 

Características de um ativo financeiro

Agora que você sabe o que são ativos financeiros, é preciso conhecer algumas características. Como mencionado, eles são intangíveis, enquanto os dividendos resultam de reivindicações contratuais. 

Porém, cada tipo de ativo tem uma característica específica, o que pode determinar o mais indicado para cada um dos perfis e dos objetivos de investidores. Sendo assim, é preciso estudar quais as principais características de cada uma das opções.

Liquidez

Saber qual é a liquidez dos ativos financeiros é o primeiro passo para analisar se essa é a melhor escolha para você ou não. Isso funciona da seguinte forma: 

  • se a liquidez for alta, você poderá converter o ativo em dinheiro em um tempo menor de investimento;
  • se a liquidez for baixa, você precisará esperar um pouco mais para converter o ativo em dinheiro. 

Período de aplicação

O período da aplicação está relacionado com a liquidez. Essa informação consta ao lado do nome do ativo, com um D + um número correspondente aos dias necessários para a retirada do dinheiro. Por exemplo: 

  • D + 0: significa que a retirada do investimento é instantânea;
  • D + 30: significa que você precisará esperar 30 dias para retirar o dinheiro após realizar a aplicação.   

Tipos de ativos

Atualmente, existem três tipos de ativos financeiros disponíveis no mercado e que atendem a diferentes objetivos.

Renda

Este é um dos tipos de ativos que geram uma renda extra ao investidor por meio de um fluxo constante de retorno, que pode ser de juros, dividendos ou aluguéis. Nesta modalidade, o valor dos ativos é mais inconstante. 

Crescimento de capital

São ativos financeiros ideais para quem deseja aumentar o capital e tem mais tempo disponível para isso. Em outras palavras, são rendimentos a longo prazo. Porém, por contarem com uma volatilidade maior, é recomendado que seja feito um monitoramento constante para diminuir riscos na aplicação. 

Reserva de emergência

Estes são tipos de ativos financeiros voltados para quem busca criar uma reserva de emergência. Por isso, eles costumam ter uma segurança e uma liquidez maior que outras opções de investimentos. Por outro lado, o rendimento não é tão atrativo quanto os demais. Neste caso, o resgate também é facilitado. 

Alguns exemplos de ativos financeiros voltados para reserva de emergência são: 

  • Tesouro Selic;
  • CDB (com liquidez diária);
  • Fundos DI.

Alguns dos principais ativos financeiros

Se você está pesquisando por ativos financeiros para compor a sua carteira de investimentos, saiba que existem opções para todos os tipos de perfis de investidores. Além disso, você diversifica seu portfólio de forma segura para seus negócios. 

Ativos de renda variável

Nos ativos de renda variável, podemos destacar os Fundos de Investimentos, as ações e os ETFs. Os três costumam ser opções de rentabilidade atrativa, mas que exigem acompanhamento por tratarem de renda variável. Para isso, você pode contar com a ajuda de um especialista para receber auxílio na escolha dos ativos, por exemplo. 

Tudo sobre Fundos de Investimentos – Resenha Financeira #7

Ativos de renda fixa

Entre os ativos de renda fixa, podemos apontar os CDBs (Certificados de Depósitos Bancários), a LCI (Letra de Crédito Imobiliário), a LCA (Letra de Crédito de Agronegócio), a LC (Letra de Câmbio), o Tesouro Direto e os debêntures. 

Em algumas das opções, pessoas físicas podem ter isenção de Imposto de Renda, além da segurança de saber quanto os investimentos renderão no vencimento das aplicações. 

Investindo em ativos financeiros

Agora que você sabe o que é um ativo financeiro e quais são as principais opções disponíveis no mercado, que tal iniciar seus investimentos agora mesmo? Com a Nova Futura, você encontra várias opções de ativos que atendem ao seu perfil e aos seus objetivos de investidor. 

Abra uma conta conosco agora mesmo, contando com a ajuda dos nossos especialistas para compor a sua carteira de investimentos e aumentar o seu patrimônio com segurança. 

Conteúdo Relacionado

Pronto para começar?

Abra sua conta