Produtos e Vantagens

Tesouro Direto

O que é?

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos, via internet, para pessoas físicas, criado pelo Tesouro Nacional. Trata-se de um investimento de Renda Fixa Pública para quem busca tranquilidade e segurança.

Vantagens

  • Título soberano 100% garantido pelo Tesouro Nacional;
  • Você começa a investir a partir de R$ 30,00.
  • Trata-se de uma ótima oportunidade para sair da poupança.

Há dois tipos de títulos públicos disponíveis à negociação: os pré-fixados e os pós-fixados.

Pré-fixados
Os títulos pré-fixados têm a rentabilidade definida no momento da compra. São eles: as LTNs (Letras do Tesouro Nacional) e as NTN-Fs (Notas do Tesouro Nacional – Série F). Desta forma, ao investir em um deles, você saberá no momento da compra, exatamente quanto receberá no futuro se permanecer com o título até o vencimento. Além disso, ao aplicar nas LTNs, os rendimentos são recebidos pelo investidor no dia do vencimento do título. Já as NTN-Fs remuneram o investidor a cada seis meses.

Pós-fixados
Os títulos pós-fixados são aqueles em que a rentabilidade não é definida no momento da compra. São as LFTs (Letras Financeiras do Tesouro), as NTN-Bs (Notas do Tesouro Nacional – Série B) e as NTN-Bs Principal (Notas do Tesouro Nacional – Série B). Que está vinculada à variação do IPCA ou à taxa de juros básica da economia (Selic). As LFTs são atreladas à taxa Selic, enquanto as NTN-s da Série B e da Série B Principal são atreladas ao IPCA.

Renda Fixa

O que é?

Investir em Renda Fixa é o mesmo que emprestar dinheiro para alguém, só que nesse caso, você estará emprestando dinheiro para o emissor, que pode ser um banco, uma empresa ou o próprio governo (renda fixa pública).

Em contrapartida você (investidor), recebe uma remuneração por emprestar esse dinheiro, os juros. Existem títulos com diversos prazos e opções de remuneração, com taxas pré-fixadas ou pós-fixadas (estas indexadas a índices como a inflação).

A maioria dos títulos conta com a cobertura do FGC – saiba mais.

Vídeo como investir em renda fixa através da Nova Futura:

O que é?

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título privado. Nele, o investidor empresta dinheiro ao banco, e em troca, após o prazo do vencimento, recebe o valor que investiu, mais o rendimento.

CDB’s podem ser adquiridos em corretoras e bancos.

Os valores mínimos de aplicação costumam partir de 500 reais.

Resgate somente no vencimento da aplicação.

Conta com a cobertura do FGC e você paga imposto de renda (IR) sobre o lucro conforme o prazo da aplicação, pela tabela regressiva*.

Vantagens

  • Remuneração baseada em diferentes indicadores de mercado;
  • Cobertura do Fundo Garantidor de Crédito;
  • Não há taxa de administração, nem de performance;
  • Diversas opções: CDBs de curto, médio e longo prazo, com liquidez diária e também CDB Mensal (com saque de rendimento mensal).

O que é?

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) é um título emitido por instituições financeiras, com objetivo de financiar o setor imobiliário.

Vantagens

  • Isenção de imposto de renda para a pessoa física;
  • Cobertura do Fundo Garantidor de Crédito;
  • Não há taxa de administração nem de performance.

O que é?

A LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) é um título emitido por instituições financeiras, com objetivo de financiar o setor agrícola.

Vantagens

  • Isenção de imposto de renda para a pessoa física;
  • Cobertura do Fundo Garantidor de Crédito;
  • Não há taxa de administração nem de performance.

O que é?

A LC (Letra de Câmbio), apesar de não possuir relação com o investimento em moedas, é utilizada por instituições financeiras como forma de captação de recursos para empréstimo à pessoa física ou jurídica, que firmou algum contrato de financiamento.

Vantagens

  • Cobertura do Fundo Garantidor de Crédito;
  • Não há taxa de administração nem de performance;
  • Opções com liquidez diária.

 

O que é?

Não difere de outros investimentos em renda fixa, como CDB, LCA, LCI e LC, a não ser na questão de quem você irá emprestar seu dinheiro, no caso da debênture, o emissor é uma empresa, que pode ou não ter capital aberto, porém não será uma instituição financeira.

As modalidades das debêntures podem ser: pré, pós e IPCA. Para adquiri-las, você precisa ter conta em corretora de valores.

Vantagens

  • Recebimento de juros periódicos;
  • Resgate do valor principal investido no vencimento ou mediante amortizações;
  • Debentures incentivadas são isentas de IR.
  • Possibilidade de investir no desempenho de uma companhia

 

Fundos de Investimentos

Conheça os fundos de investimento e aproveite as suas diversas modalidades: Fundos de ações; Fundos de renda fixa; Fundos Multimercado e Fundos Cambiais.

Vantagens

  • Recursos administrados por profissionais;
  • Acesso a Ativos Financeiros que exigem alto investimento inicial;
  • Diversificação.

A composição mínima tem 67% do seu patrimônio em ações. São compatíveis com objetivos de investimento de longo prazo, que suportem uma maior exposição a riscos em troca de uma expectativa de rentabilidade mais elevada.

Tem 80% de seus recursos aplicados em ativos de renda fixa e pode utilizar derivativos tanto para alavancagem, quanto para proteção da carteira. Ideal para investidores conservadores que buscam ganhos atrelados à variação da taxa de juros.

Sua composição não tem compromisso de concentração em nenhum fator em especial. Podem investir em ativos de diferentes mercados — renda fixa, câmbio e ações. São compatíveis com objetivos de investimento que, além de procurar diversificação, tolerem uma grande exposição a riscos na expectativa de obter uma rentabilidade mais elevada.

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) é uma comunhão de recursos destinados à aplicação em ativos relacionados ao mercado imobiliário.

Composição mínima de 80% do seu patrimônio investido em ativos que sejam relacionados, direta ou indiretamente (via derivativos), a moeda estrangeira. Opção para investidores que buscam proteção contra variações cambiais ou que estejam programando uma viagem ao exterior.

Produtos Personalizados

Com a Mesa de Produtos Personalizados, o investidor da Nova Futura conta com uma série de operações que atendem as mais diversas demandas e perfis de risco.

Para os clientes mais arrojados, temos operações alavancadas, possibilitando um alto nível de retorno mesmo com um pequeno investimento e para os clientes um pouco mais conservadores, temos operações que permitem o investimento em renda variável com um grau de risco menor do que o simples investimento em ações.

Carteiras Recomendadas

Explore as opções da renda variável e conquiste maior rentabilidade com nossas recomendações semanais e mensais.

 

Carteira LÍDER no ranking do Portal EXAME em 2018, a carteira mensal é composta por 10 ativos escolhidos com base na análise fundamentalista e nas perspectivas para cenário macroeconômico interno e externo para o mês. Recomendada para investidores que buscam retornos no médio/longo prazo.

Composta por 5 ativos com trocas semanais, a carteira semanal técnica tem o objetivo de satisfazer os investidores voltados para o curto/médio prazo que desejam se aproveitar do cenário macro aliando gráficos de análise técnica.

Ofertas Públicas

Oferta Pública Inicial (IPO) é quando uma empresa entra para o mercado de capital aberto, ou seja, passa a operar ações na Bolsa de Valores. Quem investe em IPO sai na frente, pois tem a vantagem de comprar uma ação antes do primeiro pregão.

 

CONHEÇA OS IPOS

Custos e Taxas

Tesouro Direto Taxa de administração: Grátis.
Taxa de Custódia: Grátis
Renda Fixa Taxa de intermediação (CDB, LC, LCI, LCA e Debêntures): Grátis

Tabela de Imposto de Renda

0 até 180 dias 22,50%
181 até 360 dias 20,00%
361 até 720 dias 17,50%
Acima de 720 dias 15,00%

Pronto para começar?

Abra sua conta

Ou deixe seus dados e entraremos em contato